Pesquisa Personalizada Google

20100521

CAPACITAÇÃO PARA EDUCADORES DA REDE PÚBLICA ESTADUAL, MUNICIPAL E ESCOLAS PARTICULARES


CAPACITAÇÃO DE EDUCADORES

MEDIAÇÃO DE CONFLITOS NA ESCOLA: 
INDISCIPLINA, BULLYING E ATO INFRACIONAL


MINISTRANTE: PROFESSOR JORGE SCHEMES*




Mini Currículo:
Formação: Bacharel em Teologia com Ênfase em Grego e Hebraico (SALT). Licenciado em Pedagogia com Habilitação em Séries Iniciais e Administração Escolar (FGG). Licenciado em Ciências da Religião com Habilitação em Ensino Religioso (FURB). Pós-Graduado em Interdisciplinaridade e Metodologia do Ensino Superior (UNIVILLE). Pós-Graduado em Psicopedagogia Clínica e Institucional (FACINTER). Pós-Graduado em Mídias na Educação (FURG). Pós-Graduado em Coordenação Pedagógica (UFSC). Atuação Profissional: Técnico Pedagógico na Gerência de Educação de Joinville – GERED – Responsável pelo NEPRE, APOMT e APÓIA. Professor das disciplinas de Filosofia da Educação; História da Educação, Antropologia Cultural, Empreendedorismo, Educação e Conjuntura Política e Projetos Educacionais e Corporativos na FGG (Faculdade Guilherme Guimbala - ACE - Associação Catarinense de Ensino - Curso de Pedagogia). Professor de Religião no Instituto de Parapsicologia de Joinville. Professor de Ensino Religioso na Escola Pública Municipal Saul Sant'Ana de Oliveira Dias. Membro Conselheiro do COMEN e da CMAIDS (Conselho Municipal de Entorpecentes e Comissão Municipal de Prevenção e Controle de DST/AIDS). Membro da aliança:"Por Um Mundo Sem Tabaco", do INCA (Instituto Nacional do Câncer). Autor do Livro: "O Que Você Precisa Saber e Fazer Para Deixar de Fumar" - Editora DPL. Escritor e Palestrante. Contato pelo e-mail: jorgeschemes@yahoo.com.br

* Currículo Completo Disponível em:
http://lattes.cnpq.br/4338194471582467


1. TEMA:
Mediação de Conflitos na Escola: Indisciplina, Bullying e Ato Infracional.


2. JUSTIFICATIVA:
Considerando que atualmente a indisciplina no ambiente escolar, o fenômeno Bullying e o ato infracional são fatos concretos que interferem de maneira negativa no processo pedagógico; Considerando que a falta de limites não é apenas um problema que se manifesta na escola mas também nas famílias; Considerando que os profissionais da educação se sentem reféns da indisciplina e da violência manifestada pelo corpo discente; Considerando que o corpo docente e técnico administrativo da escola pode estar falhando nas abordagens de resolução de conflitos na escola; Considerando ainda que há uma má interpretação ou mesmo desconhecimento da sistemática proposta pelo Estatuto da Criança e do Adolescente nos casos de omissão da família e dos direitos e deveres previstos nesta Lei, faz-se necessário uma parada pedagógica para discutir e analisar tais questões e levantar possíveis alternativas de abordagem para tais problemas.


3. OBJETIVO GERAL:
Refletir sobre as possíveis causas da indisciplina, características do Bullying e dos Atos Infracionais no ambiente escolar e fornecer orientações práticas para a prevenção e a superação de tais fenômenos contemporâneos.


4. OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
1. Refletir sobre as possíveis causas da indisciplina na sala de aula e alternativas de superação dos conflitos na relação professor(a) aluno(a).
2. Entender a diferença entre indisciplina, Bullying e Ato Infracional.
3. Sistematizar um protocolo de ações para prevenção e atendimento em casos de indisciplina , Bullying e de Atos Infracionais.
4. Entender e aplicar as diretrizes do Estatuto da Criança e do Adolescente e outras legislações pertinentes na prática pedagógica cotidiana.
5. Refletir sobre as possibilidades da mediação de conflitos na escola como ferramenta de prevenção e superação da violência escolar.

5. PÚBLICO ALVO:
Professores, Orientadores, Supervisores e Gestores Escolares.

6. METODOLOGIA:
1. Aula expositiva e dialogada.
2. Apresentações, seminário e fórum para debate.
3. Leituras e discussão de textos pertinentes ao tema.
4. Dinâmicas e reflexões.


7. RECURSOS DIDÁTICOS:
Textos, Multimídia, Internet, Slides, Blogs.


8. CRONOGRAMA/EMENTA
Proposta de Capacitação de 16 horas mais 04 horas de atividades de extensão, somando um total de 20 horas:


8.1 DIA/PERÍODO/TEMAS E ATIVIDADES:


Matutino - 04 horas.
1. O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) no contexto da relação professor x aluno – direitos e deveres.
2. Questionamentos sobre o ECA (atividade em pequenos grupos).
3. Socialização, debate e análise dos questionamentos sobre o ECA.


Vespertino - 04 horas.
1. Conceituando disciplina e indisciplina.
2. Os quatro focos da indisciplina (análise a auto-análise).
3. Estudo de casos (atividade em pequenos grupos).


Matutino - 04 horas.
1. Continuação do estudo de casos (atividade em pequenos grupos).
2. Indisciplina, Bullying e Ato Infracional.
3. Protocolo de Ações e Regimento Escolar.


Vespertino - 04 horas.
1. Prevenção e mediação de conflitos na escola.
2. Indicações de documentos e legislação.
3. Formulação de um protocolo de ações.

Observação: A capacitação poderá ser realizada em todos os dias da semana, incluive no sábado e no domingo, com a possibilidade de ser realizada também no período noturno.

9. AVALIAÇÃO:
A avaliação será diagnóstica, processual, formativa, cumulativa e global, incluindo auto-avaliação reflexiva da participação do(a) aluno(a) no processo de construção do conhecimento. Se dará por meio de observação sistemática e anotações em instrumentos próprios para tal.


10. CARGA HORÁRIA:
16 horas mais 04 horas de atividades de extensão, somando um total de 20 horas.


11. REFERÊNCIAS BÁSICAS:
Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA.
Documentos e Legislação disponíveis em:
http://www.projetonepre.blogspot.com/

Outras indicações bibliográficas dadas durante a capacitação.


12. INVESTIMENTO:
A combinar:
Entre em contato: jorgeschemes@yahoo.com.br


13. PALESTRA OU OFICINA PARA PROFESSORES E EDUCADORES:



Há também a opção de realizar esse projeto em forma de palestra ou oficina nas escolas, para professores e corpo técnico pedagógico e administrativo, com duração de 04 horas ou 08 horas, nos turnos matutino, vespertino ou noturno.

O investimento total da palestra de 04 horas ou oficina é de R$ 500,00 (Quinhentos Reais - Incluindo despesas com transporte, estadia e alimentação - preço válido para o Estado de Santa Catarina), e se for para o dia todo com carga de 08 horas, o investimento é de R$ 1.000,00 (Mil Reais).

Para outros Estados o valor deve ser negociado pelo e-mail jorgeschemes@yahoo.com.br 

Para escolas da Rede Pública de Joinville (SC) e Região, o valor da palestra ou oficina de 04 horas é de R$ 350,00 (Trezentos e Cinqüenta Reais - Sem custos adicionais), e se for para o dia todo com carga de 08 horas, o investimento é de R$ 700,00 (Setecentos Reais).

As vagas para a palestra ou oficina são limitadas até o número máximo de 50 participantes.

Dúvidas?
Entre em contato pelo e-mail jorgeschemes@yahoo.com.br 


14. OUTRAS PALESTRAS E OFICINAS:

http://www.schemespalestras.blogspot.com/